top of page
ctp.jpg

CURSO TATUÍ DE PUBLICAÇÃO

Curso sobre edição, design, zines, livro de artista, produção gráfica, impressão, encadernação e circulação, em formato EAD, com aulas virtuais via Google Meet.

O CURSO TATUÍ DE PUBLICAÇÃO é uma jornada para aprender, com profissionais que atuam no universo editorial, cobrindo diversos aspectos da criação de um livro impresso, passando por áreas como edição, criação, design, zines, livro de artista, livros para crianças, quadrinhos, escrita, produção gráfica, impressão, encadernação e circulação. A proposta é que cada aluno desenvolva uma publicação durante o período do curso, incorporando as ferramentas e conteúdos apresentados. 

 

De natureza teórica e prática, as aulas serão ministradas virtualmente toda segunda-feira, das 19h às 21h30. As gravações ficam disponíveis para consulta dos alunos. Um kit com materiais é enviado para cada aluno para que possa realizar as atividades práticas em casa, com orientação dos professores.

 

Em 2024, o curso conta com 33 aulas, de 18 de março a 28 de outubro. Ao fim da jornada, a proposta é que os participantes lancem suas próprias publicações, incorporando os conteúdos vistos na jornada. 
É possível também se inscrever em módulos específicos ao longo do ano, é só  checar a nossa página de programação (Módulos Curso Tatuí de Publicação). Caso você tenha interesse em participar é só preencher este formulário com seus dados que vamos de avisar de primeira mão quando as próximas vagas abrirem.

A Sala Tatuí vai conceder uma bolsa integral para o Curso Tatuí de Publicação. Pessoas interessadas podem preencher o formulário da convocatória de 20 a 27 de fevereiro neste link.

EDIÇÃO

São apresentadas as diferentes etapas do caminho do livro e os passos prévios à impressão e distribuição. Também são esclarecidas os papeis e as funções de preparador, revisor, produtor gráfico, designer, editor, entre outras pessoas envolvidas no processo, seja dentro de uma editora ou seja na autopublicação.

com João Varella | carga horária: 5 horas

DESIGN

Serão abordados os principais elementos do design de um livro: capa, projeto gráfico, recursos para ilustração, formatos, tipos de impressão, entre outras decisões que entram em jogo na criação de obras impressas. A proposta é desafiar, estimular e treinar o olhar para o design editorial, mesmo para quem não é da área.
com Manaira Abreu | carga horária: 5 horas

LIVRO PARA CRIANÇAS

As particularidades da criação de obras infantis, os diferentes tipos de texto, o endereçamento do público, as possibilidades na relação palavra-imagem são alguns dos assuntos tratados neste módulo teórico-reflexivo sobre literatura infantil nos dias atuais e também na cena editorial independente. 

com Peter O Sagae | carga horária: 2,5 horas

ZINES

Neste módulo de natureza teórica e prática, as possibilidades gráficas e materiais para a criação de zines serão apresentadas. A professora trará reflexões sobre o suporte, os formatos e a autopublicação, além de estimular os participantes a pensarem soluções
para suas próprias produções impressas.

com Bebel Abreu, Ale Kalko e Márcio Sno | carga horária: 7,5 horas

IMPRESSÃO

A experiência prática da impressão artesanal relevográfica (com foco no carimbo), permeográfica (estêncil) e monotipia, desvenda as características e particularidades de cada técnica. Propõe-se como uma primeira introdução a linguagens que, com poucos recursos, podem ser usadas em livros.

com Gilberto Tomé | carga horária: 10 horas

PRODUÇÃO GRÁFICA

Serão abordados processos, profissionais e tecnologias para a materialização de um livro impresso. Papel, impressão, encadernação e acabamento, são alguns dos assuntos tratados para se familiarizar com o universo da produção gráfica e, assim, conseguir elaborar melhores soluções para os próprios trabalhos.

com Cecilia Arbolave | carga horária: 7,5 horas

CIRCULAÇÃO

Distribuição, livrarias, sistemas de compra e consignação,  financiamento, divulgação, redes sociais e mercado são tópicos tratados neste módulo. A partir desses conteúdos, os alunos são instigados a pensar a circulação das suas obras e a elaborar caminhos novos e originais para encontrar novos públicos.

com João Varella | carga horária: 7,5 horas

TEXTO, IMAGEM E MATERIALIDADE

As múltiplas possibilidades de ocupação do território impresso são abordadas neste módulo. A partir de exemplos contemporâneos e históricos, as aulas buscarão mostrar as diferentes maneiras que texto, imagem e materialidade podem se entrelaçar no processo criativo de concepção de um livro.

com Gustavo Piqueira | carga horária: 5 horas

LIVRO DE ARTISTA

A partir de quatro percursos (olhar, narrar, pensar e catalogar) se ampliam as possibilidades de leituras e definições do livro impresso, abordando a apresentação gráfica do livro de artista e sua imitação dos gêneros mais conhecidos - romance, diário, biografia, inventário, guias e manuais, notas de viagem.

com Amir Brito Cadôr | carga horária: 7,5 horas

QUADRINHOS E NARRATIVAS GRÁFICAS

Esta aula aborda a potência das narrativas gráficas contemporâneas e mostra diversas formas de trabalhar quadros, balões, onomatopeias, cores, expressões e sequências.

com Dandara Palankof | carga horária: 2,5 horas

ESCRITA

A proposta é estimular a escrita literária a partir do cotidiano dos participantes. Por meio de dicas e exercícios, se busca trabalhar com os bloqueios criativos, dar voz às ideias, criar personagens e valorizar o próprio repertório. Os exercícios são de escrita, mas valem para estimular outras linguagens artísticas.

com Marcelino Freire | carga horária: 5 horas

ENCADERNAÇÃO

Serão ensinadas quatro técnicas: encadernação de três pontos, costura exposta, capa dura e livro especial. Também serão mostradas soluções artesanais e industriais para livros de pequenas, médias e grandes tiragens. Ainda o professor irá propor formatos e soluções para os projetos de publicação dos alunos.

com Daniel Barbosa | carga horária: 7,5 horas

FECHAMENTO DE ARQUIVOS

Neste módulo, serão compartilhadas orientações para o fechamento de arquivos de livros. A proposta é entender aspectos técnicos, como margens, sangrias, tratamento de imagens, padrão de cores e tipos de PDF, que tem um papel fundamental no resultado final da impressão e acabamento de produtos gráficos.

com Carol Vapsys | carga horária: 2,5 horas

PANORAMA DO LIVRO
INDEPENDENTE

A proposta deste módulo é refletir sobre o mercado editorial brasileiro e traçar um panorama da atuação de editoras pequenas e independentes, especialmente na última década. Construção de catálogo, propostas editoriais, diferenciais serão alguns dos temas trabalhados pela professora e pesquisadora. 

com Ana Elisa Ribeiro | carga horária: 2,5 horas

NOSSOS PROFESSORES

Ale (1).jpg

Ale Kalko

..

Microeditora,

diretora de arte

e capista

ana-elisa.JPG

Ana Elisa Ribeiro

..

Escritora,  editora, pesquisadora e professora no Cefet-MG 

amir-brito.jpg

Amir Brito Cadôr

..

Artista, pesquisador e professor de Artes Gráficas na UFMG

Bebel Abreu por Zé de Holanda.jpg

Bebel Abreu

..

Arquiteta, produtora cultural, editora e criadora da Bebel Books

carol-vapsys_edited.jpg

Carol Vapsys

..

Designer com foco

em editorial

na Casa Rex

cecilia-arbolave-retrato-3 (1).jpg

Cecilia Arbolave

..

Jornalista, fundadora da Banca Tatuí, Sala Tatuí e sócia da Lote 42

dandara_palankof_creditos_havane_melo.jpg

Dandara Palankof

..

Jornalista, editora mestre em comunicação e tradutora

Daniel_barbosa.jpg

Daniel Barbosa

..

 Artista e produtor gráfico, fundador do  CADERNO LISTRADO

gilberto tomé 2022_edited.jpg

Gilberto Tomé

..

Artista gráfico, fundador do Fonte Design e da Gráficafábrica

gustavopiqueira.jpg

Gustavo Piqueira

..

Designer gráfico

e fundador da

Casa Rex

joao-varella-2.jpg

João Varella

..

Jornalista, fundador da Lote 42, Banca Tatuí e Sala Tatuí 

Manaira Abreu2_edited.jpg

Manaira Abreu

..

Designer e diretora criativa do estúdio Mandacaru.

marcelino-freire-credito-Mário Miranda Filho.jpg

Marcelino Freire

..

Escritor, professor de criação literária e produtor cultural

Marcio (2).jpg

Márcio Sno

..

Jornalista,

zineiro, criador

do Encostinho

peter-2023.jpeg

Peter O Sagae

..

Doutor em Letras, atuou no ensino superior e na área editorial

Ale Kalko é uma microeditora de uma pessoa só com a proposta de explorar e pesquisar o suporte físico e interatividade para construir narrativas. Para isso faz uso de dobras, transparências e facas. Transforma dramas pessoais de apelo universal em trabalhos leves mas não menos profundos. Poesia, ilustrações, cartoons, lettering lúdico, questões existenciais e humor agridoce são suas características. Se autopublica desde 1997. Nascida em Curitiba, formou-se em Design Gráfico pela UFPR. Em 2000 mudou-se para São Paulo e desde então atua no mercado editorial de revistas e livros. Foi diretora de arte de diversas da Editora Abril, onde ganhou diversos prêmios nacionais e internacionais de infografia e design. Atualmente é editora de arte e capista na Companhia das Letras.

Ana Elisa Ribeiro vive e trabalha em Belo Horizonte, onde é professora e pesquisadora do Departamento de Linguagem e Tecnologia do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Estuda o campo editorial e orienta pesquisadores/as nessa área, em diversos níveis de ensino. É escritora e editora, autora de, entre outros: Livro - edição e tecnologias no séc. XXI (Moinhos, 2018), Subnarradas - mulheres que editam (Zazie, 2020) e Prezada editora - mulheres no mercado editorial brasileiro (org., Moinhos/Contafios, 2021).

 

Amir Brito Cadôr é artista e professor de Artes Gráficas na Escola de Belas Artes da UFMG. Fez a curadoria de exposições sobre livros de artista no Centro Cultural São Paulo (SP), Centro Cultural da UFMG, Sesc Pompeia (SP), Museu de Arte da Pampulha (MG) e no Cabinet du Livre d’Artiste em Rennes (França). É curador da Coleção Livro de Artista da UFMG. Em 2016, a editora da UFMG publicou sua pesquisa de doutorado, O livro de artista e a enciclopédia visual. Atualmente trabalha em um livro sobre as publicações de artista no Brasil.

 

Bebel Abreu é arquiteta, produtora cultural e editora. Nascida em João Pessoa, morou em Brasília, Vitória e Munique, e vive em São Paulo desde 2004. Na capital paulista dirige a Mandacaru, sócia brasileira do What Design Can Do e produtora de exposições e conferências relacionadas a design e artes gráficas. Em 2012 fundou a editora Bebel Books, que já publicou mais de 80 títulos em ilustração, caligrafia, fotografia e quadrinhos. Participa de feiras por todo o Brasil e também na Inglaterra, e distribui seus livros em países como EUA, México, Portugal, Alemanha e França.

 

Carol Vapsys formou-se em Design Gráfico pela ESPM em 2010 e, desde então, trabalha na Casa Rex com design editorial, cuidando das diferentes etapas de execução de um livro: editoração, acabamentos, finalização e produção gráfica.

 

Cecilia Arbolave é jornalista argentina formada na Universidad Austral (Buenos Aires) e pós-graduada pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário (São Paulo). É editora na Lote 42, uma das fundadoras da Banca Tatuí, espaço de publicações independentes, e da Sala Tatuí. Organiza a feira Miolo(s) na Biblioteca Mário de Andrade, a Printa-feira no Sesc 24 de Maio, entre outros eventos. Vencedora do prêmio Jovens Talentos da Indústria do Livro (2018), foi jurada do Prêmio Jabuti na categoria Histórias em Quadrinhos em 2017 e de Capa em 2021, além do edital de publicações da Des.Gráfica no Museu da Imagem e do Som em 2018.

Dandara Palankof é jornalista e mestre em comunicação pernambucana, formada pela UFPE em 2013 e mestrado em Comunicação e Culturas Midiáticas pela UFPB, em 2017. Iniciou sua trajetória como tradutora em 2015, concentrando sua expertise em histórias em quadrinhos. Ao longo de sua carreira, colaborou com editoras renomadas, como Mino, Pipoca & Nanquim, Conrad, Darkside e Veneta. Além de ser coeditora da revista Plaf, Dandara atua como editora na Mythos. É autora de "A Gata - 80 Anos da Mulher-Gato" e contribui em diversas obras sobre quadrinhos, passando também pela Plano 9 Produções como produtora, pelo ITEP como técnica de audiovisual e pela UFRPE como roteirista no Núcleo de Ensino à Distância.

 

Daniel Barbosa é editor, encadernador, impressor, produtor gráfico e o fundador do ateliê/editora CADERNO LISTRADO. Há 19 anos dedica-se exclusivamente a produção de livros e cadernos produzidos artesanalmente, além também de impressos serigráficos para projetos de arte, design, literatura e quadrinhos. Uma semana antes do Brasil registrar o primeiro caso do novo Coronavírus, o impressor deu início ao projeto CHAMADA SERIGRÁFICA, onde abriu seu ateliê para a impressão de uma tiragem serigráfica por dia, durante um ano inteiro, mas, como tudo mudou, ele segue até hoje gravando as telas e imprimindo artes de gente de todo o país. Uma hora o impressor conclui seu projeto e retoma as produções de projetos encadernados e encadernáveis.

 

Gilberto Tomé, formado na FAU USP em 1992, vem trabalhando com artes visuais, dedicando-se particularmente ao desenho e aos diversos sistemas de reprodução de imagens, da xilogravura ao digital. Em seu estúdio Fonte Design, desde 1996, desenvolve projetos gráficos de livros e outras publicações culturais, como o Mapa das Artes. Em seu ateliê-editora, Gráficafábrica, desde 2007, edita tiragens de livros artesanais. Um de seus trabalhos, o Livrocidade Água Preta – livro composto por cartazes de rua – foi apresentado no Itaú Cultural (Cidade Gráfica, 2014), selecionado pela CLAP 10x10 (Contemporary Latin American Photobooks 2000-2016) e hoje integra o acervo gráfico da Pinacoteca de São Paulo.

 

Gustavo Piqueira é conhecido por livros de difícil classificação, nos quais mistura livremente texto e imagem, ficção e não ficção, design, história e tudo mais que encontrar pela frente. Já lançou 30 títulos de sua autoria. Criou e organiza a Coleção Gráfica Particular (Lote 42/Casa Rex), que a cada volume faz um ensaio sobre um trabalho/autor específico da arte gráfica. À frente de seu estúdio Casa Rex, é um dos mais premiados designers gráficos do Brasil, com mais de 500 prêmios, incluindo 4 Jabutis e 157 projetos selecionados para as Bienais Brasileiras de Design.

 

João Varella é jornalista e fundador da editora Lote 42, da Banca Tatuí e da Sala Tatuí. Colaborou com diversos veículos de comunicação, como IstoÉ Dinheiro, El Economista América, Gazeta do Povo, Cândido e portal R7. Vencedor de prêmios como Jovens Talentos da Indústria do Livro, Sebrae de Jornalismo e Proyectando Valores. Autor dos livros 42 Haicais e 7 Ilustrações, Videogame, a evolução da arte, Videogame Pandemia, Games: Cultura, arte e Joystick, A Agenda, Curtibocas – Diálogos urbanos.

 

Manaira Abreu se formou em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Esp. Santo, em Vitória. Em seguida fez Design Gráfico na Miami Ad School/ESPM em São Paulo onde fixou residência em 2002. É Diretora Criativa do estúdio de produção, comunicação e editora Mandacaru. É ali onde lidera projetos editoriais, embalagens, identidades visuais e de comunicação para empresas, exposições e seminários. Seu dia a dia é dinâmico atendendo a clientes como: What Design Can Do, Casa do Povo, ZAC Imóveis, unidades do Sesc SP, Puri Água de Coco, Prefeitura de SP.  Pela editora Mandacaru já publicou a coletânea "Com a palavra os ilustradores"; "Antes que Acabe" de João Galera, "Cordel Saudade" de Filipe Grimaldi, e "Viva a Produção Prazerosa" do próprio pai. É o "A busca do submarino U-513" de Vilfredo Schurmann seu primeiro livro que pára em pé. É autora do zine "Trio Maravilha" onde através de charadas tenta definir a trajetória e personalidade de 3 amigas.
 

Marcelino Freire nasceu em 1967, em Sertânia, PE. É conhecido por suas obras, constantemente adaptadas para o teatro, e por sua atuação como professor de oficinas de criação literária, além de produtor cultural. Vive em São Paulo desde 1991. Escreveu, entre outros, Contos Negreiros (Editora Record, 2005), com o qual foi vencedor do Prêmio Jabuti, livro também publicado na Argentina e no México. Em 2013 lançou, pela Editora Record, o romance Nossos Ossos (Prêmio Machado de Assis), também publicado em Portugal e ainda na Argentina e na França. É o criador e curador da Balada Literária, evento que acontece desde 2006 em São Paulo. Em 2018, lançou o livro Bagageiro, reunindo o que ele chama de "ensaios de ficção" (Editora José Olympio). Recentemente lançou o Ossos do Ofídio, com ensaios breves a partir do seu blog homônimo, pelo selo BALADEYRA. No mês de novembro de 2021 saiu uma Seleta com contos de sua autoria, escolhidos por ele, via Editora José Olympio.

Márcio Sno é conhecido por sua extensa produção de zines em mais de 30 anos de atuação, principalmente pelos microzines (publicações de 3x3cm). Lançou seis livros e atualmente trabalha no sétimo. Coordena oficinas de zines, HQs, bonecos e brinquedos de papel. É criador do personagem Encostinho, o Diabinho Gente Boa.
 

Peter O Sagae é é doutor em Letras pela FFLCH/USP, pesquisando as relações da voz com o texto literário através do rádio, depois o intercâmbio da palavra com a imagem nos livros de literatura para crianças, a partir de bases semióticas. Atuou no ensino superior e na área editorial. Entre seus projetos, destacam-se o portal Dobras da Leitura (2000-2012) e o curso Escrever para Crianças (desde 2014); dedica-se ainda à produção de livros artesanais no coletivo 2 no Telhado, em parceria com Luiz Sposito e a ilustradora Suryara. Atualmente coordena a produção de resenhas para o Clube de Leitura Quindim. Publicou Bartolo Burtopelo (2016), Uma noite para João (2017, Seleção Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio), Ah! Essa eu sabia (2018), A árvore dos livros de imagem (2018), Um dia, o diabo aprende (2018), Quitéria vai à guerra (2022), Sombras vestidas de branco (2022) e traduções de Edgar Allan Poe, Carmen Bernos de Gasztold e Era: poemas de Elina Segodnya para crianças trans.

bottom of page